Galo de Barcelos com Rosa em Choché
Extremadura
A lenda do galo de Barcelos

Em Barcelos andavam todos muito assustados devido a um crime que lá se tinha passado Um dia, apareceu na zona um galego que passou logo a ser o principal suspeito e prenderam-no. O galego defendeu-se, dizendo que ia a caminho de Santiago de Compostela para pagar uma promessa, mas ninguém acreditou nele, e ele sem poder provar que estava inocente, acabou por ser condenado à forca. Como última vontade, o galego pediu que o levassem até ao juiz que o tinha condenado, quando o galego chegou a casa do juiz, ele estava a deliciar um grande banquete com os amigos. O Galego voltou a dizer que estava inocente, mas, mais uma vez, ninguém acreditou nele... então, o condenado reparou num galo assado que estava numa travessa na mesa, prontinho para ser comido, e disse:
“É tão certo eu estar inocente como certo é esse galo cantar quando me enforcarem”. Todos se riram da afirmação do homem, mas resolveram não comer o galo.
Quando chegou a hora de enforcarem do galego, na casa do juiz o galo assado levantou-se e cantou. Afinal, o homem estava mesmo inocente! O juiz correu até ao sítio onde ele estava prestes a ser enforcado e mandou soltá-lo imediatamente. Passados alguns anos, o galego voltou a Barcelos e mandou construir um monumento em louvor à Virgem e a São Tiago para lhes mostrar o seu reconhecimento.
 
Composição
Galo de Barcelos, ícone da cultura Portuguesa com apresentação  inovadora.
Galo elaborado artesanalmente, peça única,  em gesso e decorado com rosas de croché com mais de 50 anos. Mede cerca de 25 cm.
 
Comprar
Preço
54,99€
Adicionar à wishlist
Subscreva a nossa
Newsletter
Marcas
Portuguesas concerteza
Projecto A2 Projecto A2 Letra Cerveja Artesanal Letra Cerveja Artesanal Taipas Termal Taipas Termal 2Bstrong 2Bstrong Web Rádio Portugal Online Web Rádio Portugal Online
Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.